Seguro garantia para fornecimento de energia elétrica

Seguro garantia para fornecimento de energia elétrica

O seguro garantia de energia elétrica é uma modalidade de seguros bastante utilizada no exterior, porém ainda pouco explorada aqui no Brasil.

Entendemos que este fato se dá pelo desconhecimento desta alternativa pela maioria dos gestores financeiros.

Algumas vezes o gestor de finanças da empresa está tão atarefado que deixa passar algumas oportunidades claras de melhorar o fluxo de caixa porque ainda não foi apresentado a alternativas inteligentes de ter o mesmo produto por preço e agilidade diferentes, como o Seguro Garantia ao invés da caução financeira ou da carta fiança (que é bem mais burocrática).

Quando uma empresa migra para o mercado livre de energia, com certeza está em busca de redução e controle dos custos associados a energia elétrica.

Dependendo das escolhas posteriores que seguem à migração ao mercado livre de energia, pode ser que a redução de custos buscada não seja atingida.

Por isso, é importante que a escolha da ferramenta de garantia ao fornecedor seja a mais adequada, sempre mirando este cenário de constante melhoria em gerenciamento de energia elétrica e das necessidades periféricas, como o seguro garantia, por exemplo.

Quando o consumidor deve apresentar uma garantia financeira?

Vamos te lembrar que a garantia aqui descrita não é aquela apresentada à CCEE para as liquidações financeiras mensais, e sim uma segurança para o vendedor e o consumidor de energia para o correto cumprimento do contrato de compra e venda.

Veja que não são as mesmas garantias, da CCEE e da contra-parte.

Aqui estamos descrevendo a possibilidade de seguro garantia como uma alternativa dos contratos de compra e venda de energia elétrica.

Quando um gerador de energia livre emite seu contrato de compra e venda de energia, cria-se uma obrigação de fornecimento e de consumo que deve ser pautada em pagamentos de montantes mensais realizados pelo consumidor.

Como garantia de pagamento, usualmente as empresas de geração e comercialização de energia exigem CDBs, carta fiança, depósitos ou seguro garantia.

O seguro garantia é uma modalidade de seguro que garante o cumprimento de uma obrigação contratual, seja de fazer, construir, fornecer ou prestar serviços.

No caso de compra e venda de energia elétrica, o seguro garantia é uma forma que deve ser levada em consideração visto algumas vantagens em relação a outras formas de garantia:

1. O Seguro garantia tem custo mais baixo que outras garantias, como carta fiança e caução em dinheiro;

2. O prazo que rege o seguro garantia será vigente de acordo com o contrato, diferente das cartas fiança que geralmente são anuais e podem sofrer alterações em taxas quando precisarem ser renovadas;

3. O seguro garantia não exige reciprocidade de outros produtos.

4. O seguro garantia não toma limite de crédito da empresa junto ao banco.

Os valores comuns de garantia solicitados pelos agentes geradores de energia são de 3 meses de fornecimento.

Este valor dá segurança ao contrato de compra e venda de energia para o fornecedor e, caso a opção de seguro garantia seja realizada, o consumidor pode exigir que todo o contrato de fornecimento seja pré-registrado em sistemas da CCEE.

De acordo com as cláusulas da apólice de seguro garantia, na eventualidade de ser necessário cobrir os valores de energia, o fornecimento estará assegurado.

Os valores que seriam gastos com a carta fiança ou com a caução em dinheiro podem ser utilizados para outras finalidades mais lucrativas na empresa.

A escolha pelo seguro garantia de energia elétrica poderá ser realizado com um corretor de seguros que cotará com as principais seguradoras de seguro garantia do Brasil.

O processo é simples.

Como contratar o seguro garantia

Para sua empresa contratar o seguro garantia, é preciso que o seu fornecedor de energia esteja formalmente exigindo a garantia.

Caso NÃO haja uma solicitação formal no contrato, as empresas seguradoras não seguirão o fluxo de processo de aprovação.

Assim que o contrato de compra e venda de energia for assinado e nele constar o pedido de garantias financeiras, este será o momento de cotar seguro garantia.

Uma cópia do contrato será exigida pela seguradora para análise técnica e posteriormente será elaborada uma proposta.

Se a proposta for adequada (mais barata, mais fácil que a carta fiança) e aprovada pela empresa, a apólice será emitida pela seguradora.

Em alguns casos, a apólice pode ser realizada no mesmo dia da aprovação da proposta, um tempo muito mais rápido que a aprovação exige na carta fiança.

Não tem porque a sua empresa pagar caro pela mesma garantia que o fornecedor exige, o seguro garantia se iguala ao dinheiro e a carta fiança bancária, gerando liquidez e segurança para o fornecedor e consumidor no fiel cumprimento do contrato de compra e venda.

Converse com a Inter Energia para ver como pode diminuir seus custos relacionados ao consumo de energia no Mercado Livre de Energia.

Fale com um de nossos consultores na Inter Energia.