Reajuste Tarifário CELG Energia – 2017

Reajuste Tarifário CELG Energia – 2017

A Aneel autorizou reajuste tarifário médio de 14,65% para tarifas da Celg-D, distribuidora de energia de Goiás.

O aumento já poderá ser aplicado a partir do próximo dia 22 de outubro.

O reajuste médio será de 15,89% para consumidores residenciais e de 12,03% para Consumidores industriais.

Se a sua empresa tem demanda contratada acima de 500KW, você pode sair do mercado regulado e acessar o mercado livre de energia. Assim, poderá ter fortes reduções de custos, além de ser detentor da estratégia de energia da empresa, sem estar sujeito às oscilações determinadas pela Aneel no Mercado regulado.

Vale a pena migrar para o Mercado Livre?

Abaixo fizemos uma simulação de custos no Mercado Cativo contra o Mercado livre de Energia com preço de energia livre a R$ 300,00, R$ 270,00 e R$240,00/MWh a fim de examinarmos se haveria possibilidade de redução de custos com a migração ao Mercado Livre. Os resultados estão abaixo:

Simulamos uma empresa que possua demanda de 500 Kw, com consumo ponta de 20.000 KWh e consumo fora ponta de 200.000KWk.

Os valores acima calculados são uma estimativa com base nos preços praticados no Mercado Livre e as tarifas da CEB para 2017. Perfil de consumo e preços de energia livre modificam os resultados.

Conforme pode ser visto, existe uma grande atratividade de migração para o Mercado livre de Energia para os consumidores potencialmente livres que estejam conectados à CELG. Além de sua empresa pode ter previsibilidade de custos evitando assim aumentos na conta de energia além do orçamento.