10 vantagens da Geração Distribuída de Energia

10 vantagens da Geração Distribuída de Energia

A Geração Distribuída (GD) é a produção de energia de forma descentralizada no próprio local ou próximo de onde essa energia é utilizada. Possui como vantagens a redução de custos de transmissão e distribuição, o aproveitamento de recursos renováveis locais, e o afeta positivamente o bolso do consumidor.

A GD oferece inúmeras vantagens ao setor elétrico, visto que a disposição da unidade de geração próxima a carga permite a diminuição das perdas de transporte de energia elétrica.

As vantagens da GD podem ser vistas em 3 grupos interessados, sendo o consumidor, o setor elétrico e, por último, o meio ambiente.

Para o Consumidor:

  1. Menor dependência da rede pública para suprimento de energia;
  2. Redução de custos mediante a utilização de fontes renováveis para uso próprio como painéis solares, por exemplo.
  3. Controle de geração e consumo, uma vez que todos os sistemas mais novos são automatizados e permitem verificar em tempo real a quantidade de energia gerada e a quantidade de energia consumida.

Para o Setor Elétrico:

  1. A GD reduz custos e investimentos em subestações de transformação e em capacidade adicional para transmissão, além de reduzir perdas nas linhas de transmissão e distribuição;
  2. Minimiza impactos ambientais, na medida em que não são necessárias grandes linhas de transmissão e distribuição;
  3. Maior segurança energética, visto o mix de geração mais descentralizado;

Para o meio ambiente:

  1. Contribuição na redução das emissões de Gases de Efeito Estufa.
  2. Minimização dos impactos ambientais, pela redução das necessidades de grandes instalações de geração de cargas e extensas linhas de transmissão;
  3. Diminuição do desmatamento em função da troca da necessidade de grandes usinas por inúmeras geradoras de pequeno porte;
  4. Uso adequado dos recursos renováveis.

Hoje é possível comprar equipamentos de geração solar que tem payback em 6 ou 7 anos. Esses painéis possuem um poder de geração de até 30 anos. Ou seja, é possível buscar a independência de energia por cerca de 24 anos.

Com a economia de escala e com o possível retorno do valor do dólar a patamares menores, o prazo para retorno do investimento irá cair substancialmente nos próximos anos.

18 Estados brasileiros já aprovaram a isenção de ICMS para a GD. O que incentiva ainda mais a procura por essa alternativa de geração e consumo de energia elétrica.